Muitas vezes, quando pensamos em força, visualizamos o estereótipo de um(a) lutador(a), com grandes músculos e força física.

No mundo corporativo, a imagem de força, no geral, tem a ver com autoridade, com se impor, com “crachá”. As pessoas que não seguem esse padrão de vigor físico ou de impor pela autoridade, podem se sentir um pouco deslocadas. Se estiver trabalhando em empresas, podem receber feedbacks de que precisam se impor mais, o que para elas talvez não seja natural, portanto pouco confortável.

Uma definição de força que poucas pessoas se lembram, é que força é algo que nos traz movimento, nos faz sair da estagnação.

A força da delicadeza, do acolhimento, do amor, da gratidão, da consciência, também nos trazem movimento, nos levam para um próximo estágio.

Atente-se para as forças que lhe movem e reconheça-se!

Pense, sinta, experimente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *